Recrutamento e seleção: como melhorar a experiência do candidato?

maio 7, 2019 / Gestão de Pessoas

Engana-se quem pensa que só é necessário garantir uma boa experiência do candidato para os potenciais talentos da organização. Durante o processo de recrutamento e seleção, todos os candidatos precisam se sentir acolhidos — isso fortalece a imagem da empresa no mercado.

Portanto, é essencial que a sua organização se preocupe em criar uma ótima experiência do candidato durante todo o processo. Afinal, quanto mais ele perceber valor na sua empresa, mais vai se dedicar em garantir a sua vaga e, consequentemente, entrar para o time motivado em querer fazer a diferença.

Quer saber como melhorar a experiência do candidato? Veja algumas práticas agora mesmo!

Crie um processo estruturado e simplificado

Na sua empresa você contrata profissionais de diversas áreas, certo? No entanto, é fundamental que todo o processo seja igual, independentemente se o candidato estiver concorrendo a uma vaga na limpeza ou para um cargo de gestão.

Sendo assim, o processo seletivo da sua empresa precisa ser muito bem estruturado e simplificado: não invente mil etapas porque as pessoas não têm tempo para participar de todas elas — muitas delas estão, inclusive, tendo que sair do seu trabalho atual!

Além do mais, torna-se muito cansativo se o candidato precisar comparecer na sua organização dez vezes até obter uma resposta positiva ou não. Então, organize bem todas as etapas do processo seletivo de uma maneira estratégica.

Além disso, quanto mais você utilizar a tecnologia ao seu favor, melhor para a sua empresa e também para o candidato. Até porque se você contar com a ajuda de uma ótima plataforma, fica muito mais fácil fazer filtros e entrevistar presencialmente somente os candidatos que realmente têm algum potencial e que se encaixam perfeitamente no que a sua empresa precisa naquele momento.

Roteiro de entrevista

Personalize a comunicação com o candidato

Dificilmente você conseguirá criar uma comunicação totalmente personalizada se tiver 400 pessoas concorrendo a um determinado cargo na sua empresa. Por isso, faça uma boa triagem por meio de plataformas de recrutamento e seleção para filtrar os melhores candidatos (assim como já explicamos).

Depois disso, você começa a criar uma comunicação cada vez mais personalizada, podendo prestar ótimos feedbacks para as pessoas. Conforme o processo for evoluindo, ofereça para o candidato uma personalização ainda maior, evitando respostas genéricas.

Exercite a empatia com todas as pessoas

O recrutador é a primeira pessoa da empresa que o candidato tem contato. Por isso, é fundamental que seja a pessoa ideal: simpática, comunicativa, objetiva, carismática e que tenha muita empatia.

Isso porque nos processos seletivos costumam acontecer cenas inusitadas e que é necessário ter um bom jogo de cintura! Por exemplo, já imaginou o candidato começar a chorar porque interpretou que ele não fará parte da equipe? Ou se ele estiver em um dia ruim e começar a gritar com você?

São situações que podem parecer estranhas, mas acontecem! Por isso, o recrutador precisa sempre ter muita empatia e saber resolver esse tipo de situação de uma maneira agradável.

Afinal, não queremos que nenhum candidato saia falando mal da sua empresa para os seus amigos ou faça um post (que pode se tornar viral) abordando a sua organização de uma maneira totalmente negativa, não é mesmo?

Dê feedbacks construtivos

As pessoas amam receber feedback positivo, no entanto, quando se trata de algo negativo, é necessário ter muita calma! Por exemplo, é muito importante que o candidato saiba o porquê de não ter conseguido o emprego. Nesse cenário, você pode prestar um feedback construtivo, iniciando sempre com elogios e mostrando em quais aspectos ele precisa melhorar para uma segunda oportunidade.

No entanto, se você for trabalhar com esse feedback de maneira virtual, lembre-se sempre de que o mais importante é enviar e-mails humanizados, ou seja, jamais copie e cole a mesma mensagem para todos!

Além disso, se o candidato responder alguma coisa é essencial que a sua empresa responda novamente a esse e-mail, estabelecendo um contato próximo e criando relações de confiança.

Aliás, prometa somente o que você vai cumprir: se você falou que vai dar um feedback positivo (ou não) para o candidato, isso precisa acontecer — citamos isso porque é muito comum as empresas falarem que vão dar uma resposta para a pessoa e ela nunca receber nenhum retorno.

Prometer um retorno e não cumprir é muito negativo para a sua empresa porque, certamente, o candidato pode falar mal da sua organização nas mídias sociais ou induzir as pessoas a não participarem dos demais processos seletivos da sua marca.

Forneça informativos e materiais que auxiliem no processo seletivo

Tenha bons informativos da sua empresa que realmente retratem a cultura organizacional daquele ambiente. Por exemplo: tenha um blog com conteúdo que transpareça a sua cultura e as competências que são valorizadas.

É essencial que o candidato tenha uma boa noção sobre como é a realidade da sua organização durante o processo de recrutamento e seleção. Somente assim, ele avalia se se encaixa (ou não) nos padrões esperados pela sua empresa.

Ofereça um ambiente confortável

Tenha uma sala adequada para o processo de recrutamento e seleção, criando um ambiente confortável e agradável. Assim, o candidato se sente mais confiante em ser verdadeiro e não fica tão tenso na hora de responder os seus questionamentos.

Por exemplo: tenha banheiros acessíveis, café e água à disposição, ar-condicionado, cadeiras confortáveis e outros detalhes que você considera importantes.

Durante o processo de recrutamento e seleção, a sua empresa precisa oferecer uma ótima experiência para o candidato. Afinal, ele precisa perceber que a sua marca é ótima e que vale a pena investir os seus esforços para conquistar uma vaga e fazer parte do time. Além disso, também é essencial ressaltar que é importante ter um contato constante com os candidatos durante todo o processo seletivo, respondendo com agilidade todos os seus questionamentos.

Neste post, você aprendeu um pouco mais sobre como melhorar a experiência do candidato durante o processo de recrutamento e seleção. Quer saber como inovar ainda mais nesse processo? Confira agora mais informações sobre a gamificação nos processos de RH e aprenda tudo sobre essa nova tendência! Boa leitura!

Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.